Cabelo

Cuidados básicos para manter os cabelos saudáveis no verão

Durante o verão, todo o cuidado é pouco com os cabelos, principalmente para quem adora ir para a praia ou curtir uma piscina. A revista Corpo a Corpo fez uma matéria incrível, com a minha colaboração, com dicas básicas para cuidar dos cabelos durante o verão e minimizar os danos causados pelo sol, água do mar e cloro da piscina. Veja abaixo:

Sol na cabeça

Não é difícil proteger o cabelo dos efeitos do verão. Existem recursos poderosos, que ajudam a driblar a ação do trio sol + cloro + sal e que ainda deixam os fios brilhantes e saudáveis. Siga, à risca, nossa lista de ações.

É fatal: calor, sal, areia, vento e cloro não são aliados das mechas bonitas. E, como não há quem resista a curtir os dias ensolarados, vale a pena investir na proteção da cabeleira. Isso mesmo: em tempos de sol a pino, cuidar dela é tão importante quanto da pele: o calor destrói a queratina; as águas do mar e da piscina desbotam a cor; o atrito com o vento e a areia detonam a elasticidade e o brilho do fio. Resultado: no fim da temporada, o visual está precisando de UTI. Para evitar que isso aconteça, selecionamos 20 dicas bacanérrimas para você colocar em prática. Aí é só desfilar os cachos mais lindos do que nunca.

1-) Não faltam nas prateleiras xampus, condicionadores e finalizadores turbinados com FPS. Essas opções são ideais para os dias ensolarados porque evitam que os fios fiquem ressecados, quebradiços e ainda desbotados. Escolha a opção que mais se adapta ao seu tipo de fibra – existem diversas texturas – e não saia de casa desprotegida.

2-) O chapéu é um dos acessórios mais charmosos do verão. Se for de palha, não esquenta a cabeça e impede que o sol incida nos fios e queime-os. Ou seja, é proteção na certa. Escolha o seu modelo, incremente-o com um lenço e desfile provocando olhares.

3-) O cabelo tingido é o que mais sofre com o efeito dos raios solares, especialmente o vermelho e o loiro, por isso, é essencial fazer uso de uma máscara formulada para fios coloridos. Esses produtos protegem do sol, do cloro e do sal, evitando que o cabelo desbote ou fique esverdeado.

4-) O corte curto é hit no verão. Além de deixar a nuca à mostra, uma poderosa arma de sedução, é refrescante. Para quem não quer radicalizar e prefere os fios mais longos, o visual com as pontas desfiadas e desalinhadas também é moderno, elegante e fácil de arrumar.

5 -) Uma vez por semana, faça um tratamento ultra-hidratante. Escolha um cosmético emoliente, rico em manteiga de karité e óleos vegetais, como o de buriti e o de girassol, aplique no cabelo limpo, espere 15 minutos e enxágue. O cuidado é especial para dar brilho e conferir maciez.

6-) Cuidado com a exposição excessiva ao sol. Os fios perdem água e não é possível repor, deixando o cabelo danificado. Dê preferência aos cosméticos com silicone, que criam uma capa protetora, evitando que o líquido evapore.

7-) Nunca abuse da água quente durante o banho. Altas temperaturas estimulam a produção de glândulas sebáceas no couro cabeludo, deixando o cabelo opaco e quebradiço, além de poder causar excesso de oleosidade e queda de cabelo.

8.-) É verdade, a beleza vem de dentro pra fora. Por isso, cuide bem da alimentação. Pratos ricos em aminoácidos do tipo cistina e arginina – a gelatina é rica nesses nutrientes – e em silício, encontrado na banana no arroz, formam uma fibra capilar saudável.

9-) Por causa da água do mar, do cloro e do vento, é comum o cabelo embaraçar mais no verão. Para driblar esse contratempo, evite torcer os fios – depois de lavar, apenas aperte suavemente com uma toalha felpuda para tirar o excesso de água.

10-) Os salões oferecem terapias superpotentes para recuperar a saúde das melenas. “A Avlon tem um tratamento à base de óleos vegetais, como de girassol, amendoim, coco e jojoba, especial para deixar o cabelo sedoso e brilhante”, conta Julio Crepaldi, do salão Galeria. O processo é simples: primeiro é aplicado esse composto de óleos e secam-se os fios para ativar a penetração dos ativos; depois de lavado, o cabelo recebe uma máscara, por 15 minutos, que reconstrói a fibra e sela a cutícula. Após essa pausa, basta enxaguar e pentear como de costume. “Para um resultado duradouro, o ideal é fazer esse tratamento três vezes por mês”, recomenda Crepaldi.

11-) Sempre enxágue bem os s fios. Nunca deixe resíduos de condicionador ou máscara neles: sob o sol, o cabelo pode ficar ressecado e opaco, o que vai comprometer seu visual.

12-) Os xampus anti-resíduos são bons aliados na temporada ensolarada. Como limpam profundamente, preparam as melenas para receber produtos hidratantes. Entretanto, se usados com exagero, podem deixar o cabelo poroso. Não carregue na mão: use esse tipo de xampu a cada dez dias.

13-) A mesma regra de reaplicação do protetor solar na pele vale para o cabelo. Depois de mergulhos, passe outra vez o creme sem enxágue, com filtro solar, nos cachos.

14-) O cabelo com química requer atenção dobrada. Como já tem sua estrutura alterada, sob o sol, pode ficar mais frágil e sensível. Na praia ou na piscina, mantenha-o preso, para amenizar a ação nociva da radiação solar. Tiaras, presilhas e lenços estão em alta e prometem enfeitar muitas cabeças.

15-) A combinação de sol, substâncias químicas usadas para tratar a água da piscina, o sal e o vento é explosiva para a queratina, responsável pela formação da fibra capilar. Aos poucos, todos esses fatores juntos detonam a tal proteína e o cabelo fica fraco e sem elasticidade. Recorrer aos xampus e condicionadores ricos nessa substância é uma boa saída para manter a fibra íntegra.

16-) Nada de prender o cabelo molhado. Amarrar as mechas úmidas abafa o couro cabeludo, o que prejudica o crescimento das fibras e ainda causa caspa. O ideal é deixá-las secarem soltas e só prendê-las depois de horas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *