Cortes

Corte Chanel – O clássico e suas variações

O clássico chanel já existe há mais de 100 anos. O corte também é chamado de Bob e surgiu por volta de 1910, mas só ficou realmente famoso no final dessa década, justamente por causa de Coco Chanel – dizem que ela inventou o estilo por acidente. Coco estaria num hotel, se arrumando para uma reunião, quando o secador queimou, estragando uma parte do seu cabelo. Com pressa, Coco não pensou duas vezes e fez um corte tente à nuca.

Hoje o corte chanel ainda faz muito sucesso entre as mulheres. Apesar de ser um clássico, o estilo já ganhou diversas versões – mais curtos, um pouco mais comprido, com ou sem franja, em camadas e com diversos tipos de repicados.

Um dos cabelos mais cobiçados de Hollywood é o de Scarlett Johansson. Essa releitura do corte chanel tem um estilo super despretensioso. A base é mais quadrada, as pontas são maiores na parte frontal e os fios são desfiados em camadas suaves. Para quem aderir ao corte, a dica é usar uma pomada sem brilho para amassar os fios e deixar esse acabamento meio bagunçado.

A atriz Camila Pitanga usa uma variação do corte chanel clássico. A base é quadrada na altura do queixo, com camadas irregulares nas pontas para dar movimento aos cachos. Já a franja alongada na lateral dá mais charme e estilo ao cabelo. Esse tipo de corte é prático e versátil, fica ótimo com uma escova modelada, ou então semipreso com um visual displicente.

Paola Oliveira também aderiu ao chanel, mas a atriz usa uma versão mais longa. O corte dela é feito em camadas, o que valoriza o movimento dos fios de uma forma natural com ar despojado. Usado com o cabelo natural esse estilo fica com um ar rocker, mas o cabelo também pode ficar bem glamuroso com uma escova modelada.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *